14/10/19 Segurança de Redes , Serviços em TI # , , , ,

Além dos dados leiloados, hacker estaria oferecendo ferramenta de busca capaz de encontrar informações pessoais.


92 milhões de dados leiloados

A divulgação de dados é algo que preocupa muitos usuários e, neste caso mais recente, quase metade da população provavelmente teve seus dados violados. De acordo com o site Bleeping Computer, um hacker conhecido como X4Crow está promovendo um leilão que contém informações de mais de 92 milhões de brasileiros.

O documento leiloado usa um formato comum de bancos de dados e provavelmente contém informações como CPF, nome completo, data de nascimento e informações sobre pessoas jurídicas (sob o CNPJ).

Além disso, o hacker estaria oferecendo também ferramenta de busca que é capaz de encontrar outras informações pessoais.

Como se proteger para não ter dados roubados?

Hoje em dia, esse tipo de vazamento é praticamente inevitável, já que é cada vez mais comum que pessoas insiram seus dados em diversas atividades virtuais, como por exemplo, participação de sorteio, cadastro e até em estratégias de phishing, via links desconhecidos. Leia mais sobre o assunto aqui.

Mas, sempre é possível melhorar a sua segurança na internet. Veja algumas dicas:

1.Não reutilize a mesma senha

Esse é um dos maiores erros dos usuários, utilizar a mesma senha para diversas contas. Para cada conta tenha uma senha diferente, opte por escolher letras (maiúscula e minúscula) e números.

2.Desconfie de algo “free”

Você já deve ter colocado seus dados para conseguir um desconto ou participar de uma promoção para receber um brinde. Porém, muitas vezes é a sua privacidade online que está em jogo. Ou seja, quanto mais informações você precisar fornecer, maior deve ser o cuidado. Muitos dos seus dados podem ser comprados e vendidos sem o seu conhecimento ou controle.

3.Tenha cuidado ao interagir com e-mails ou mensagens desconhecidas

Os hackers encontram diversas maneiras de coletar dados e informações. Se aparecer um e-mail diferente, seja do seu banco, cartão de crédito ou até de algum conhecido, pedindo para clicar em um link ou fazer download, tome cuidado! Certifique-se que o e-mail ou a mensagem sejam verdadeiros.

4.Verifique as configurações e extensões no navegador

É preciso ficar atento nas configurações do navegador ao finalizar a instalação de um programa. Muitos sites podem deixar nos instaladores de seus aplicativos, opções que alteram a página inicial do navegador e isso pode levar a sites nocivos.

Extensões também podem ser adicionadas aos browsers sem que o usuário note.  Utilizar extensões desconhecidas também pode ser perigoso, já que elas podem requisitar permissões para acessar alguns dados.

5.Tenha a EW Info ao seu lado para te ajudar!

Escolha uma empresa como a EW Info para te ajudar na segurança virtual. Temos toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de soluções seguras, rápidas e estáveis para as mais diversas áreas. Se você tem dúvidas de como melhorar a sua segurança virtual, fale com a gente!

 

Gostou do nosso artigo? Então continue nos acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
04/10/19 Segurança de Redes , Serviços em TI # , , ,

Atualizações do Windows 10 ainda continuam gerando transtornos aos usuários.


Atualização do Windows 10, um novo problema!

Usuários têm reclamado que o Windows 10 versão 1903 recebeu uma atualização que acabou gerando problemas no funcionamento de impressoras. Muitas reclamações foram postadas no Answers.com da Microsoft e até no fórum de ajuda do Google Chrome.

Uma reclamação descreve que o KB4517211, arquivo responsável pelo bug, causa uma interrupção no serviço “spooler de impressão”, essencial para o funcionamento de qualquer tipo de impressora. Ao tentar iniciar o spooler de impressão, o serviço é interrompido novamente. A única solução é desinstalar o KB4517211. Em sua maioria, o KB4517211 afeta equipamentos da marca HP, mas não se restringe a ela.

Este não foi o único bug

Engana-se quem pensa que este foi o único bug causado pela atualização do Windows 10. O grande problema é que algumas correções foram lançadas recentemente e elas geraram novos bugs no sistema.

Um exemplo foi com um problema da Cortana, onde usuários relataram um consumo exagerado de processamento. Ao que tudo indica, o processo SerchUI.exe, que pertence à Cortana, começou a apresentar picos de CPU no gerenciador de tarefas. A empresa, ao corrigir com uma atualização, fez com que novos erros aparecessem – como uma falha na ferramenta de pesquisa e até do menu iniciar.

Para evitar que o problema persista, muitos tentam retornar para a versão anterior da atualização feita no Windows 10. Mas, no geral, para qualquer tipo de bug o ideal é aguardar uma solução da Microsoft. Normalmente, sempre quando algum tipo de problema aparece, a empresa disponibiliza alguma melhoria para reverter a situação.

EW Info sempre atenta!

A EW Info está sempre atenta e conectada com as últimas notícias do universo da tecnologia! Conte com a gente para ter acesso completo às tecnologias de ponta disponíveis no mercado.

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
27/09/19 Segurança de Redes # , , , ,

É preciso ficar atento para não cair no golpe!


Como funciona?

Hoje em dia está cada vez mais comum ter os dados roubados e, dessa vez, o ataque é no Facebook. Um novo golpe de phishing rouba os dados por meio de perfis amigos. É isso mesmo! Os criminosos estão invadindo a rede social e usando a lista de amigos para mandar mensagens e convencer as pessoas a clicarem em links ou digitarem endereços de páginas falsas.

A conversa acontece no Facebook Messenger e induz que a pessoa abra o endereço enviado pelo “amigo”. O golpe foi divulgado pela Better Business Bureau e, segundo a companhia, a vítima recebe uma mensagem com o contexto “É você?”. A frase confunde o usuário, que pode ficar preocupado e curioso para abrir o link.

A partir disso, os criminosos usam a lista de contatos para semear diferentes estratégias de phishing. Os dados de acesso são captados e a conta pode ser utilizada para enganar outros usuários.

Sobre o phishing

O phishing é uma tática na qual os hackers usam mensagens para enganar as vítimas. O ataque pode ter alguns objetivos como roubar dados e instalar softwares maliciosos. Além das redes sociais, esse tipo de golpe também pode ser distribuído por e-mail e até sms. Leia mais sobre o assunto aqui!

Proteja-se do golpe de phishing!

Se tratando de segurança virtual, é sempre importante desconfiar quando links suspeitos são enviados para você. Mesmo sendo de um amigo, desconfie! Pergunte se aquela mensagem foi de fato enviada por ele.

E, no geral, tome cuidado com qualquer link ou mensagem suspeita. Na internet, todo cuidado é bem-vindo e a EW Info pode te ajudar! Se você busca segurança, competência e credibilidade em segurança da tecnologia, conte com a gente!

Gostou do nosso artigo? Continue nos acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
20/09/19 Segurança de Redes # , , ,

Hackers russos invadem redes corporativas via impressoras. Fique atento!


Como aconteceu?

No mundo digital, devemos tomar cuidado com a segurança, principalmente quando envolve negócios. Este ano, um grupo de hackers ligados a agências de inteligência russas, passaram a utilizar dispositivos como impressoras e telefones VOIP conectados à internet para invadir as redes corporativas.

Segundo a Microsoft, estima-se que o grupo está em atividade desde 2007 e é acusado de uma longa lista de ataques. Em muitos casos, os acessos aos dispositivos são facilitados porque as pessoas colocam senhas-padrão ou não fazem a atualização de segurança recomendada.

Hoje em dia, os hackers encontram diversas formas de invadir a segurança das empresas, por isso é importante ficar atento!

Proteja-se!

Muitas vezes as empresas ignoram os requisitos básicos de segurança e, infelizmente, um hacker pode facilmente entrar no negócio, coletando dados e informações sigilosas. O recomendado é que estações de trabalho, servidores de arquivos, serviços de armazenamentos e banco de dados, sejam criptografados e tenha acesso controlado.

Em muitas empresas é possível que todos os dados sejam acessados com uma única senha.  Um grande perigo!

As impressoras precisam ser gerenciadas. Mantenha senhas atualizadas, uma vez que as impressoras em rede podem ser acessadas remotamente com uma senha. Mude a senha padrão e faça trocas por senhas seguras periodicamente. Além disso, certifique-se que as redes de Wi-fi estão protegidas.

Conte com a EW Info para a sua segurança!

Se você não abre mão de segurança para o seu negócio, conte com a EW Info!  Possuímos serviços em antivírus e segurança da informação.

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
15/09/19 Segurança de Redes # , , , ,

Os ciberataques têm aumentado cada vez mais. Investir na segurança digital é fundamental!


Como acontece?

Crimes cometidos nos meios virtuais têm se tornado cada vez mais comuns. No ano passado, segundo informações do dfndr lab (laboratório especializado em cibersegurança da PSafe), foram detectados 120,7 milhões de ataques cibernéticos só no primeiro semestre de 2018.

Dfndr Lab

O ciberataque é uma das formas de hackers, por exemplo, utilizarem métodos para se infiltrarem em computadores e conseguirem informações importantes. Isso acontece através de pequenas falhas na segurança. Quando o computador não possui proteção suficiente, os hackers aproveitam essa situação para espalhar vírus. Esses vírus podem ser enviados em links ou anexos por e-mail, download e até pop-ups de sites.

Quando se clica em algum desses arquivos, o computador é infectado por um software malicioso. A partir daí, as invasões acontecem.

Quais os riscos para a sua empresa?

São muitos os riscos de ciberataques para uma empresa. Um dos principais riscos é ter os dados da empresa hackeados. Há alguns ataques comuns como a utilização de ransomwares, que podem bloquear ou criptografar os dados nos computadores da empresa. Para devolver, os criminosos exigem um valor alto de dinheiro.

Uma outra possibilidade é que programadores maliciosos invadam o sistema para roubar informações importantes do seu negócio, podendo até mesmo fazer transferências bancárias.

Estes são apenas alguns dos exemplos que podem acontecer com a sua empresa. Fique atento!

Como se proteger?

Manter a segurança virtual é muito importante para evitar que o seu negócio se torne vulnerável ao ataque dos hackers. Antes de tudo, é fundamental ter um bom sistema de proteção que cubra todas as suas necessidades. O sistema de proteção deve garantir o funcionamento da sua empresa sem que haja problema caso ocorra algum ataque virtual.

É importante também que você identifique os principais alvos da empresa, como dados, arquivos confidenciais, senhas, entre outros. Quando você identifica com antecedência, é possível fazer um planejamento de proteção e backups caso os principais alvos sejam deletados ou removidos. Armazenar os arquivos na nuvem também é uma boa opção.

Além de tudo isso, conscientize a sua equipe para que todos saibam utilizar a rede da empresa de forma segura.

A EW Info possui serviços em antivírus e segurança da informação. Nossa equipe está preparada para proteger o seu negócio!

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
07/09/19 Segurança de Redes # , , , , , ,

A falha torna o computador vulnerável e permite que hackers acessem remotamente as ações do browser


Como aconteceu?

Uma falha grave de segurança foi encontrada pelo Google na edição de desktop do Google Chrome. Essa vulnerabilidade permite que hackers iniciem ataques remotos ao computador.  A falha reside no Blink, um motor de renderização de páginas do Chrome, e que pode ser ativada a partir da criação de sites maliciosos. Ou seja, se o usuário navegar ou for direcionado para algum endereço eletrônico infectado, o hacker poderá instalar malwares no computador, roubar dados e até criar contas se passando pelo administrador.

O que fazer?

Um update emergencial já foi disponibilizado pela empresa e está presente na versão 76.0.3809.132 do programa. O patch que corrige o problema está sendo liberado automaticamente, mas o ideal é que você confira se está realmente protegido.

Para verificar se o seu navegador está atualizado, é só seguir o passo a passo abaixo:

  • Vá até o menu e clique em configurações.
  • Depois, clique em “Sobre o Google Chrome”.
  • Por fim, veja se a sua versão está atualizada. Caso não esteja, atualize!

Conte com a EW Info para sua segurança! 

Segundo uma nota técnica publicada pela CIS, Center for Internet Security, os perigos da ameaça são maiores para empresas e entidades governamentais. Por isso, não coloque a segurança do seu negócio em risco! A Ew Info possui serviços em antivírus e segurança da informação.

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
30/08/19 Segurança de Redes # , , , , , ,

Fortnite é um dos jogos Battle Royale mais famosos do mundo e é o mais novo alvo dos hackers. Veja como não ser a próxima vítima!


O Fortnite é um jogo no estilo Battle Royale ou “batalha real”. Consiste em uma mistura de exploração, batalha, luta pela sobrevivência e a busca por armas e equipamentos de guerra enquanto a “área segura” do jogo diminui de tamanho. Participam um grande número de jogadores, podendo jogar individualmente ou em equipes de 4 a 5 pessoas. Vence quem for o último a ficar vivo.

Em qual momento o ransomware ataca?

Para evoluir na batalha, muitos jogadores baixam aplicativos de trapaça para ajudar a melhorar a mira, por exemplo. É aí que mora o problema. Os aimbots são proibidos pela Epic Games pois não é aceitável qualquer tipo de vantagem dentro do jogo e isso pode banir a conta do trapaceiro para sempre.

Assim, os hackers se aproveitam da vontade de trapaça de alguns jogadores para aplicar golpes. O ransomware fica escondido em um desses aplicativos como o “SydneyFortniteHacks.exe”, por exemplo, e assim que baixado começa a criptografar arquivos do disco rígido e das unidades USB do usuário.

Assim que instalado o malware lança um tempo para liberar a máquina sob um pagamento em bitcoin. Enquanto a dívida não é quitada, os dados da vítima começam a ser apagados. Primeiro as fotos, depois as pastas do desktop e, por último, os documentos.

O chefe de análise de segurança do Vectra diz que os gamers são um enorme público alvo desse tipo de ataque, já que sempre estão a procura de atalhos para os jogos. Felizmente, há alternativa.

O portal Coindesk relata que as vítimas podem facilmente procurar por arquivos de texto que contém as senhas de desbloqueio usadas para encerrar o malware. Dessa forma, evitam que os documentos sejam apagados.

Se defenda!

Para se proteger desse ataque a dica é uma só: não trapaceie. Depois, lembre-se de não baixar arquivos de terceiros! E, caso aconteça de você ser alvo de hacker, a Cyren dá algumas formas para impedir que você perca seus documentos em seu site em inglês.

Conte com a Ew Info para garantir sua segurança na web! Se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
25/08/19 Segurança de Redes # , , , , ,

Hackers podem estar ouvindo suas conversas, tendo acesso aos seus arquivos ou instalando malware em seu dispositivo agora mesmo!


Falha encontrada em dispositivo Bluetooth

Foi realizada uma pesquisa na Universidade de Tecnologia e Design de Cingapura, em parceira com a Universidade de Oxford e o Centro de Segurança da Informação de Helmholtz e a descoberta foi que a falha está presente nos próprios chips Bluetooth de três das maiores produtoras globais nesse ramo, ou seja, na Broadcom, Intel e na Apple!

Essa falha foi descoberta no final do ano passado e já compartilhada com os fabricantes, então é possível que a maioria já tenha feito atualizações resolvendo a brecha de segurança em seus dispositivos. Foi batizado de KNOB, sigla em inglês referente a Negociação de Chaves Bluetooth.

Como acontece a invasão

A partir do dispositivo Bluetooth, o hacker engana o sistema de autenticação da tecnologia para que ela use um sistema de autenticação com brechas que permitem o ataque. Assim, o hacker é capaz de obter senhas e instalar uma conexão autorizada com o aparelho rapidamente.

Porém, os estudos mostram que para ser possível o ataque é necessário que ele seja direcionado e haja aproximação entre o atacante e a vítima, de forma a limitar e dificultar o processo.

O que os hackers querem com isso?

O objetivo de atacar os dispositivos e dessa forma ter acesso a chamadas de áudio, dados enviados e recebidos através da conexão sem fio e até enviar malwares, é que esse último é capaz de roubar dados pessoais, bancários, exibir anúncios e inclusive, minerar criptomoedas.

Dessa forma, a recomendação é a de sempre: se mantenha atualizado! E se não vai usar o Bluetooth, prefira deixar a função desligada. Nunca se sabe quando vão tentar achar seu dispositivo, não é mesmo?

E se gosta de nossos artigos e quer ficar por dentro dos maiores perigos da internet, continue nos acompanhando! Além disso, faça uma cotação dos nossos serviços! Estamos há anos no mercado oferecendo o que tem de melhor em segurança!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
13/08/19 Segurança de Redes # , , , , , , ,

Os criminosos estão infectando os celulares e pedindo recompensas em bitcoin para devolver o acesso das vítimas aos aparelhos


Fique atento às suas mensagens SMS

Na última semana cibercriminosos enviaram links maliciosos para celulares Androids por SMS a fim de afetar os receptores com ransomware. As mensagens também estavam em fóruns online e convidavam os usuários a instalar um jogo de simulação sexual.

Ao ser executado, porém, o conteúdo ativa o “Filecoder.C” e permite comunicações de comando e controle, além de implementar conteúdos de criptografia. Além disso, o ransomware acessa a lista de contatos da vítima e envia links maliciosos via SMS.

Essas mensagens possuem o nome do destinatário e avisam que suas fotos estão sendo usadas no suposto jogo de simulação de acordo com o idioma do celular infectado. O aplicativo tem a capacidade de conversar em 42 idiomas.

O que eles ganham com isso?

Ao enviar as mensagens, o Filecoder impede que a vítima acesse arquivos armazenados no dispositivo e tem tudo criptografado pelo vírus. Para liberar o aparelho, o Filecoder envia uma nota pedindo uma quantia em bitcoins e, caso isso não aconteça em até 72 horas, os arquivos serão perdidos.

Porém, especialistas constam que não há nada que comprove a exclusão dos dados após esse prazo. A ESET (Empresa de segurança digital para empresas) diz que os arquivos encriptados podem ser recuperados sem o pagamento, basta apagar o arquivo ou esperar o prazo dado pelos criminosos se esgotar.

Você pode evitar o transtorno

Jamais clique em links sem saber a procedência ou com conteúdo não confiável e sempre faça uma varredura de antivírus em seu celular.

Se você quer se manter atualizado, continue acompanhando nossos artigos!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
Matérias recentes