31/05/19 Sem categoria # , , , , , , , , , , , ,

Especialistas alertam para usuários não carregarem o celular em USBs oferecidas em aeroportos, pois podem ser portas de entrada para hackers


Avistar uma estação de tomada em um aeroporto é praticamente uma miragem para quem viaja o tempo todo, não é? Mas, essa facilidade pode ter um preço alto. Cibercriminosos já perceberam a vulnerabilidade dessas entradas USB em aeroportos e estão usando esse meio para ter acesso a dados de celulares alheios, dizem especialistas.

Como acontece o ataque

O vice-presidente da X-Force Threat Intelligence, Caleb Barlow, conta que os cibercriminosos podem modificar as entradas USB afim de capturar dados dos celulares sem o conhecimento dos donos.

Além disso, o ciberataque pode acontecer de outra forma. Ao invés de modificarem a entrada USB, os cibercriminosos podem “esquecer” um cabo no aeroporto com um chip extra capaz de implantar malware no celular e, assim, terem acesso fácil ao computador do usuário.

O que fazer para evitar o ataque

A opção mais segura continua sendo levar o próprio carregador e plugar em tomada, ou ainda usar um power bank. Mas, se mesmo assim você quiser arriscar, uma alternativa é o pen drive Juice Jack Defender, que é um pequeno dispositivo colocado no cabo de carga e bloqueia a passagem de dados do celular, segundo Barlow.

A Ew Info está sempre alerta!

Uma pesquisa da IBM Security revela que o setor dos transportes é o segundo mais afetado pelos hackers e foram registrados 566 milhões de casos de dados vasados ainda em 2019. Assim, não poupe com segurança! A Ew Info está há anos no mercado com os melhores profissionais para oferecer serviço de qualidade e especializado em cibersegurança.

Gosta de nossos artigos e quer manter-se atualizado? Continue acompanhando! E lembre-se: cuidado nunca é demais, previna-se!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
21/05/18 Sem categoria # , , , , ,

Você não baixa programas duvidosos, sempre está atento com os seus e-mails, compra em sites confiáveis e de repente recebe uma mensagem falando que seu celular foi infectado. Mas, fique tranquilo, muito provavelmente seu aparelho está em ordem e o problema é de engenharia social. Saiba mais em nosso artigo!

Cada vez mais, é preciso ter atenção ao entrar na internet.Nos últimos dias, alguns usuários receberam mensagens de anúncios pop-up enganosos com variações da mensagem “Este celular está infectado”.  Ou seja, algumas mensagens falam de vírus, da bateria, velocidade de internet, acusação de ter navegado em sites eróticos etc.

Segundo o portal de tecnologia da UOL, o caso mais comum, com a logomarca do Google é nitidamente falso. Porque geralmente eles utilizam a logo antiga, com serifas, o atual é mais arredondado. E a URL da mensagem possui erros de digitação. Por exemplo, a letra “O” é substituída por “0”. Ou utiliza o nome de domínio “com-vírus”, que não é válido na web. Além disso, o link redireciona para outro site. As URLs do Google usam sempre “https” com tom verde na barra de endereços do browser Chrome.

O que devo fazer se eu recebo essa mensagem?

Primeiramente, desconfie da mensagem. Porque elas são anúncios enganosos. De acordocom o Google, esse tipo de ataque abusa da engenharia social. Ou seja, uma forma de abusar da ingenuidade das pessoas para que elas baixem aplicativos e antivírus promovidos pelos criminosos. Ou até mesmo baixar um malware.

Se no final da mensagem aparecer um botão azul “clique aqui”, remova imediatamente ou “ok”, não clique.  O recomendável é clicar no botão “Voltar” (com um triângulo ou seta que aponta para a esquerda, na barra inferior do aparelho celular, para retornar ao site anterior.

Outra solução é fechar a aba com problema. Caso não funcione clique no botão Home. Quando estiver na tela inicial, clique no botão de multitarefas e deslize a janela do navegador para a esquerda ou para a direita para fechá-la.

 

Porque isso acontece?

Mesmo que você tenha entrado em algum site para adultos, as pessoas que estão envolvidas nesse tipo de mensagens não sabem nada sobre você, para Emilio Simoni, diretor do DFNDrLab (laboratório da empresa de segurança digital Psafe), “a publicidade enganosa é voltada a qualquer usuário, pois possui mensagens genéricas. Além disso, ela é fácil de ser criada e implantada em páginas na internet e por isso, o número de acessos a essas mensagens é tão alto”.

Segundo o portal da UOL, “isso costuma ser feito por empresas que compram espaço de anúncio na web para promover antivírus ou outros tipos de apps de segurança”. Ou seja, em grande parte das vezes nem mesmo o Google nem as empresas têm conhecimento que estão utilizando o nome delas em vão com truques de engenharia social.

O Google tenta não ter a sua imagem vinculada a esse tipo de coisa. A empresa tem a até mesmo uma página dedicada a esse tipo de anúncios.

 

Como evitar?

– Como sempre, tenha sempre muito cuidado com os conteúdos que você baixa. Afinal, novos malware estão sendo criados todos os dias.

– Desconfie de tudo. Não acredite em qualquer promoção tentadora, em sites desconhecidos que pedem senhas, em e-mails falsos etc.

– Denuncie. Viu algum website estranho? Informe a página de denúncias do Google.

– E principalmente: procure um profissional e tenha o serviço de segurança em dia!

 

Gostou do nosso artigo? Continue atento à nossa página! Precisando de ajuda na área de tecnologia? Venha falar conosco! Nós da EW Info estamos sempre preparados para atender nossos clientes.

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
14/05/18 Sem categoria , Serviços em TI # , , , , ,

De acordo com pesquisa feita pela empresa Sage, boa parte das pequenas e médias empresas desejam ampliar seu faturamento neste ano. Mas, para que isso aconteça é preciso que os gestores invistam em tecnologia, para que a gestão financeira tenha um diferencial que garanta melhor lucratividade na empresa! Saiba mais em nosso artigo!

Segundo o gestor de uma empresa de tecnologia, Bruno Pain, um dos melhores investimentos é em soluções tecnológicas que permitam que o empresário tenha “um acompanhamento completo de finanças, assim como ter controle total de todas as transações realizadas na organização”.  Lógico que o investimento deve ser em conjunto com uma série de ações de planejamento. Veja algumas dicas que separamos para vocês:

Tenha Planejamento

Ter planejamento é essencial. Pois é por meio dele que as empresas têm uma expectativa de lucro, projeção de investimentos e gastos. E saber direcionar os investimentos, como cursos para funcionários, aquisição de novas máquinas, ampliação do local de trabalho etc. Ou seja, o planejamento é responsável por definir ações a serem adotadas e direcionar as tomadas de decisões.

Utilize centros de custos

Quando tratamos de centro de custos estamos lidando com a representação de cada segmento principal de uma organização. Que tem uma autonomia relativa na sua própria administração financeira. São as receitas e despesas. Sendo o conjunto de todos os centros de custos a empresa completa. É uma forma de saber com exatidão as despesas e faturamento de cada setor do negócio. Isso contribui não apenas para equilibrar as despesas, mas também para tomar decisões sobre investimentos, reduzir custos desnecessários etc.

Não deixe o fluxo de caixa de lado

Fluxo de caixa é uma ferramenta que tem o objetivo de controlar a movimentação financeira (as entradas e saídas de recursos financeiros), em um período determinando, de uma organização. É uma maneira de facilitar a gestão de um negócio. Porque é uma forma de saber qual o valor a pagar com as obrigações assumidas, os valores a receber e qual será o saldo disponível no momento.

A vantagem de ter controle sobre o fluxo de caixa é conseguir alinhar o acompanhamento mensal com o planejamento para que as expectativas sejam cumpridas.

Administre o os investimentos extras dos seus colaboradores

Muitas organizações precisam que seus colaboradores façam trabalhos externos e acabam tendo despesas adicionais por conta disso. Como alimentação, estacionamento, hora extra etc. Administrar tudo isso é essencial, pois evita falhas que podem comprometer o caixa da empresa. Com isso, investir em tecnologia é uma boa saída. Por exemplo, hoje temos programas que auxiliam no gerenciamento de controle das horas trabalhadas dos funcionários, como o Ponto Azul, criado pela EW Info.

Utilize a tecnologia

Como falamos na introdução desse artigo, é necessário que os gestores comecem a enxergar a tecnologia como aliada em todas essas etapas do planejamento financeiro. Em pleno século XXI não dá para ficar sem esse recurso e depender somente de ferramentas amadoras que podem colocar seu negócio em risco. Um bom gestor é aquele que procura soluções tecnológicas como, por exemplo, softwares de gestão, que podem ser grandes aliados das empresas para automatizar o controle das finanças, facilitando processos e otimizando a gestão.

 

Gostou do nosso artigo? Quer melhorar a gestão de sua empresa? Entre em contato conosco! Nós da EW Info estamos à disposição para escutar sobre a realidade de sua empresa e contribuir com o seu crescimento.

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
05/03/18 Sem categoria # , , , , ,

O ano de 2018 promete! Em 2017, vimos diversas notícias sobre os ataques de ransomwares ao redor do mundo. Agora o vilão que está tirando o sono de muitas pessoas e donos de empresas é a epidemia de malware de mineração de criptomoedas que está infectando sistemas de grandes corporações e até mesmo sites em WordPress. Quer saber mais? Continue lendo o nosso artigo! 

Como já comentamos em nossa página, as criptomoedas estão cada vez mais se tornando peças importantes e estratégicas no mercado financeiro e tecnológico mundial. Só no ano de 2017, esse tipo de moeda teve um grande aumento no seu uso e na sua cotação. No entanto, por estar na rede, ela não está imune aos cibercrimes. De acordo com grandes portais de notícias, nos últimos dias, a Kaspersky Lab descobriu um grupo de hackers que faturou aproximadamente US$ 7 milhões em seis meses, por meio de um método rebuscado de infecção que instala um software malicioso em computadores corporativos.

 

Mas o que são malwares de mineração?

O malware de mineração está diretamente ligado às criptomoedas – que consistem em um modelo de negócios totalmente digital. Para saber com mais profundidade sobre esse conceito leia o nosso artigo “Criptomoedas: o que é e como foi o seu uso em 2017”.

Para lidar com esse tipo de negócio, os criminosos utilizam softwares de mineração em seus ataques, que de maneira semelhante aos ransomwares, têm um modelo de monetização simples. No entanto, diferentemente do vírus mencionado, eles não prejudicam os usuários de maneira destrutiva e conseguem ficar no computador por muito tempo sem serem detectados, usando sua capacidade de processamento silenciosamente.

De acordo com uma pesquisa realizada em setembro de 2017 pela Kaspersky Lab, houve um aumento dos mineradores que começaram a se propagar ativamente em todo o mundo.

 

O ataque em WordPress

Nessa semana, Troy Mursch, pesquisador da Bad Packets Report, especializado na temática de segurança, afirmou que cerca de 50 mil sites WordPress foram infectados com malware de mineração. Baseado no motor de pesquisa de código-fonte PublicWWW, o especialista verificou páginas na web, e conseguiu identificar pelo menos 48.953 sites afetados.

Segundo a pesquisa, o software de mineração Coinhive é um dos mais difundidos. Presente em cerca de 40 mil sites infectados. Isto é, 81% dos casos registrados. Já o restante (19%), estão dispersos entre diferentes ferramentas, como por exemplo, Crypto-Loot (foram encontrados 2.057 sites infectados), CoinImp (4.119), Minr (692) e DeepMiner (2.160).

Os cibercriminosos são tão estrategistas que de acordo com os especialistas na área de segurança, diversos websites – principalmente de governos e de serviços públicos – estão executando de maneira silenciosa esse tipo de malware.

O analista chefe de malware da Kaspersky Lab, Anton Ivanov, afirma que agora os ransomwares estão ficando em segundo plano, estando os mineradores em destaque. Porque de acordo com as estatísticas deles isso mostra “um crescimento constante dos mineradores durante todo o ano, assim como o fato de que grupos de criminosos virtuais estão desenvolvendo seus métodos ativamente e já começaram a usar técnicas mais sofisticadas para propagar software de mineração. Nós já vimos uma evolução como essa; os hackers de ransomware usavam os mesmos truques quando estavam em ascensão”.

 

Como vimos os cibercriminosos não estão brincando. A cada dia, eles elaboram uma estratégia para pegar o que você e a sua empresa têm de mais importante (dinheiro ou informação). Por esse motivo é importante estar protegido! Para isso a EW Info existe! Venha nos conhecer e garanta a proteção do seu negócio!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
15/01/18 Novidades , Sem categoria , Tecnologia # , ,

Na última semana, apresentamos dois “personagens” que prometem agitar o ano de 2018 –  Meltdown e Spectre. Essas duas falhas de segurança foram descobertas em quase todos os processadores lançados nos últimos 20 anos.

Veja o que aconteceu em nosso artigo:

Meltdown e Spectre: ameaças para os processadores!

Para solucionar essas falhas, as empresas responsáveis pelos sistemas operacionais disponibilizaram algumas atualizações para que os usuários não saiam prejudicados. Isto é, para amenizar o impacto do Spectre e do Meltdown foi necessário desativar alguns recursos que foram desenvolvidos para melhorar o desempenho.

A Intel divulgou vários benchmarks de seus processadores após a correção para as duas falhas. Em alguns casos, a performance mal é afetada; em outros, há uma queda perceptível.

Benchmarks- ação de comparar performance e desempenho relativo de um objeto ou produto por meio da execução de um programa de computador. Para conseguir dados corretos sobre os diferentes produtos e objetos, com a finalidade de compará-los de maneira equivalente, uma série de testes padrões e ensaios são realizados (CANALTECH).

A Intel – fabricante de processadores, aplicou testes de desempenho nas últimas três gerações de seus chips para averiguar o impacto das atualizações que corrigem as falhas – Meltdown e Spectre.

De acordo com os dados divulgados, os processadores mantiveram aproximadamente 95% do desempenho. No entanto, um chip da sexta geração (a atual é a oitava) ficou 20% mais lento do que antes da correção em um teste no Windows 10 com SSD.

É a primeira vez que a Intel disponibiliza números específicos.  A organização utilizou as ferramentas de teste SYSMark, PCMark, 3DMark e WebXPRT.  Confira abaixo, a tabela disponibilizada pela empresa.

Como interpretar a tabela:

1 – Os números na tabela estão com a porcentagem correspondente ao desempenho antes da atualização, 100% significa que o desempenho não mudou.

2 -O desempenho em jogos (3DMark) ficou praticamente inalterado, mesmo nas peças mais antigas, mas um dos testes do SYSMark e do WebPRT ficou abaixo dos 95% na maior parte dos cenários(TECNOBLOG).

3 – A margem de erro do teste é de 3% para mais ou para menos, de acordo com a Intel.

4 – A empresa não disponibilizou os dados para as gerações mais antigas, por exemplo a Haswell – em que os produtos da série de quarta geração, foram lançados em 2013 e 2014. Segundo a Microsoft, chips da geração Haswell e anteriores são os mais afetados.

A partir do final de janeiro, os processadores antigos receberão uma atualização para amenizar os efeitos das falhas.

“Trabalharemos em soluções criativas com nossos parceiros da indústria para reduzir esses impactos de desempenho sempre que possível. Atualizaremos a tecnologia em nossos futuros produtos para maximizar a segurança e o desempenho” (Declaração da Intel).

 

Nós da EwInfo estamos antenados com o que está acontecendo no mundo da tecnologia. Sabemos que uma pequena alteração pode modificar a sua rotina e impactar diretamente no rendimento de sua empresa! Se você está com algum problema ou dúvida, entre em contato conosco!  Estamos prontos para te ouvir e resolver o seu problema de forma personalizada!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
24/07/17 Sem categoria , Serviços em TI # , , , , , ,

A Importância da gestão de estoques

Você sabe todos os bens que existem em sua organização? Sabe os produtos em estoque? Sabe o que precisa pedir para os fornecedores?

Ter uma boa gestão é de extrema importância para qualquer organização. Inventário tem a função de fazer o levantamento de quais produtos estão no estoque de sua empresa.

Por esse motivo, é necessário ter uma gestão bem estabelecida. Afinal, ter o controle do inventário de sua empresa faz com que você tenha menos problemas futuros.

Mas, afinal o que é o inventário de materiais?

O inventário é o meio pelo qual os gestores realizam a conferência de todos os produtos disponíveis em estoque e checam os resultados, comparando-os às quantidades informadas no controle — que pode ser feito por meio de planilhas ou softwares de gestão.

 

Qual é a importância do inventário na gestão?

Realizar um inventário é listar os itens existentes na empresa. Veja os principais motivos do porquê ter esse procedimento.

 

  • Redução das perdas – com um bom inventário é possível reduzir os custos e evitar desperdícios. Ao saber exatamente a quantidade de produtos que há em seu estoque, o administrador evita comprar matéria-prima de forma excessiva, já que os pedidos feitos aos fornecedores são feitos de acordo com a demanda.

 

  • Melhora do atendimento ao cliente – ao ter conhecimento de quais produtos estão disponíveis em seu estoque, o vendedor de sua empresa, consegue otimizar as vendas e consequentemente aumentar a credibilidade com os clientes. Porque quando não se tem controle de estoque, o risco de cometer erros é muito maior, como vender um produto indisponível ou prometer entrega imediata de um produto indisponível, por exemplo.

 

  • Cumprimento da legislação – contradições entre o inventário físico e o contábil podem fazer com que sua organização seja autuada pelo FISCO. Caso algum fiscal encontre diferenças entre o estoque declarado de produtos e o estoque real, sua empresa poderá ser penalizada com multas altíssimas.

 

estoque

O que posso fazer?

Para que sua empresa tenha uma boa gestão de estoque é recomendável que ela utilize de algum software de gestão que permita ter todas as atualizações e informações atualizadas de compra, venda e controle de seus produtos.

Como supracitado, a relevância do inventário na gestão de estoques vai muito além de saber a quantidade disponível de produtos. Porque com uma gestão eficiente é possível aprimorar o planejamento de compras. Que por consequência, passa a ter melhores informações a respeito da aquisição de novos itens. Reduzindo assim, possíveis prejuízos.

E você? Precisando de ajuda na gestão do seu inventário? O Sistema de Controle Patrimonial EW Inventory é um software que facilita a gestão de informações contábeis e fiscais e efetua o controle físico de todos os bens patrimoniais (ativo imobilizado). Não perca tempo! Entre em contato!

no responses
29/06/17 Sem categoria # , , , , ,

Como um vírus se espalha em um computador

Você sabe como um vírus se espalha no computador? Saiba o processo de infecção de uma máquina por vírus e como evitar que isso aconteça com você.

vírus-computador

Como funciona um vírus

Da mesma maneira que um vírus biológico, o vírus do mundo digital começa o ataque pelo hospedeiro (no caso o computador). Para a partir daí, começar a infectar os outros e aumentar seu alcance.

O vírus se esconde em um documentos ou programa e é liberado quando esses arquivos são processados. Essa praga do mundo digital surgiu em meados de 1970. Na época, os programadores trollavam uns aos outros para exibir seu talento. No entanto, atualmente, essa atividade é algo criminoso e lucrativo.

Antes do surgimento da internet, era necessário utilizar um disquete para o vírus ser levado até os computadores. Hoje, os malwares se espalham por e-mail ou por sites infectados, e até inteligência artificial, que simula conversas de verdade em chats para convencer a vítima a clicar em algum link contaminado.

Ou seja, diferente do que muitas pessoas pensam, é muito difícil que um vírus possa contaminar outro computador sem que alguém tenha executado algum programa ou arquivo. Pois a regra é que um vírus pode ser executado no computador quando se abre um programa.

como-vírus-espalha

Exceções

A primeira exceção acontece quando o aplicativo que se utiliza no computador cria recursos poderosos de programação internos. Assim como as “macros” existentes no Microsoft Office. Graças a elas, podemos ser infectados por um vírus ao abrir um arquivo do Word e habilitar à macro (antigamente, macros eram sempre atividades. O que na prática tornava um documento do Word tão útil quanto programas para espalhar um código malicioso.

A segunda exceção ocorre quando os programas que utilizamos têm brechas de segurança por meio dos vírus que podem contaminar o computador com um arquivo que normalmente deveria ser inofensivo, como uma foto ou uma página web.

Outra exceção é a possibilidade do vírus se espalhar sozinho por meio de uma brecha do segundo tipo. Desde que exista um agravante: em vez de a brecha estar em um aplicativo, ela deve estar em um algum programa do tipo “serviço”. Serviços são os programas que não têm janela, logo, nós não vemos que eles estão em execução.

Mesmo assim, eles realizam tarefas o tempo todo. Algumas duras tarefas envolvem conexão com a rede. Na prática, é como se um programa no seu computador estivesse constantemente “abrindo” arquivos de maneira totalmente invisível para você.

Importante

Vale ressaltar que esses programas não fazem uso por malícia. Pois é uma característica necessária ao modo de operação deles. Por exemplo, quando se conecta em numa rede Wi-Fi, o sistema operacional necessita receber a configuração de rede, e isso exige um processamento.

Todo processamento pode falhar e assim, abrir uma brecha para ataques. De fato, antes mesmo de você se conectar a rede, o seu sistema teve que procurar as informações sobre as redes disponíveis.

Ou seja, são de diversas formas que os vírus podem afetar seu computador. Daí a importância de se utilizar antivírus nas maquinas de sua empresa. Com o antivírus instalado, a entrada de visitantes são detectados e barrados. Protegendo assim, suas informações, não prejudicando seus negócios.

Nós da EW Info, oferecemos a melhor solução de antivírus: o software Bit Defender. Produto oferecido pela EW Info por meio de licenciamento oferece proteção máxima contra ameaças online e garante velocidade para o seu sistema, prometendo um desempenho melhor para seu computador.

O software antivírus é considerado um dos melhores no mercado por detectar o vírus por meio dos algorítmos sofisticados.

#, #, #, #, #, #, #, #, #, #, #, #, #, #

A EW Info oferece soluções em segurança e diagnóstico das redes de sua empresa ou projeto visando a proteção contra malware, como o Ransomware, invasões ou vazamento de informações indevidas.

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria de segurança sem compromisso – 21-3203-0368.

 

Conheça também nossos serviços em: Segurança da Informação e Antivirus 

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
19/04/17 Segurança de Redes , Sem categoria , Serviços em TI , Tecnologia # , , , , , , , , , , , , ,

Como se proteger do Ransomware

O Ransomware é um tipo de malware que sequestra os arquivos presentes no computador da vítima, cobrando um valor relativamente alto para liberá-los.

antivirus ransomware

No dia dois de Março deste ano o Jornal do Comércio veiculou uma notícia informando que mais da metade das empresas brasileiras foram vítimas de ataques de sequestro de dados em 2016. No ano passado, ao redor do mundo, foram 30 bilhões de dólares de prejuízo já.

Mas o que é o Ransomware?

Ransomware é um tipo de malware que sequestra os arquivos presentes no computador da vítima. Normalmente as vítimas são grandes empresas e companhias. O vírus então cobra um valor relativamente alto para liberar esses dados. Esse tipo de malware age codificando os dados do sistema operacional de forma com que o usuário não tenha mais acesso.

Uma vez que algum arquivo do sistema é infectado, o malware codificará os dados do usuário, em segundo plano sem que ninguém perceba. Assim, quando tudo estiver pronto, emitirá um pop-up avisando que o PC está bloqueado e que o usuário não poderá mais usá-lo, a menos que pague o valor exigido para obter a chave que dá acesso novamente aos seus dados. Muitas vezes o resgate pago é em vão.

O número liberado pelos sequestradores é falso e não dá acesso aos arquivos. Além de perder dinheiro, o usuário perde também seu computador, ou smartphone e as informações ali armazenadas.

Como identificar o Ransomware?

A difícil identificação de um Ransomware é o que o torna tão perigoso. A praga pode infectar o seu PC de diversas maneiras. Seja por meio de sites maliciosos, links suspeitos por e-mail, instalação de apps vulneráveis ou links enviados por redes sociais.

Pequenas e médias empresas tipicamente têm recursos limitados para criar uma equipe de segurança dedicada. Ou até mesmo contratar um único engenheiro de segurança dedicado. Isso os deixa expostos a uma série de ameaças sem apoio adequado como um alvo atraente para os cybercriminosos.

De acordo com um recente relatório da Ponemon, mais de metade das pequenas empresas foram violadas nos últimos 12 meses.

Quando se trata de Ransomware em particular, a maioria das PMEs não percebem que quando são atingidos. O impacto se estende muito além de uma perda financeira de uma só vez. O incidente perturbador pode trazer o negócio a um impasse, prejudicar a reputação de uma empresa e levá-los a perder clientes.

Semelhante à maioria dos malwares, o Ransomware se aproveita do erro do usuário como ponto de entrada, com o ataque muitas vezes entrando por e-mail. Entretanto, há várias medidas que podem ser adotadas para evitar que seu sistema seja infectado. Saiba mais abaixo.

 

Como evitar o Ransomware:

 

–  Não abrir mensagens de remetentes desconhecidos;

–  Certificar-se da segurança de um site antes de navegar são medidas importantíssimas para evitar o golpe;

–  Fazer um backup de seus arquivos periodicamente;

–  Monitore sua rede. É possível detectar quando o Ransomware despacha se você está monitorando diligentemente sua rede;

–  Treine regularmente todos os seus usuários. O erro do usuário é a chave para o sucesso do Ransomware, portanto, educar os usuários sobre os fundamentos de segurança, é fundamental;

–  E principalmente manter o antivírus atualizado é essencial para barrar esses sequestradores.

 

#segurança #ransomware  #vírus #malware  #antivirus #gestão de segurança  #segurança da informação #segurança na nuvem  #tecnologia  #TI  #tendencia TI  #tecnologia da informação

A EW Info oferece soluções em segurança e diagnóstico das redes de sua empresa ou projeto visando a proteção contra malware, como o Ransomware, invasões ou vazamento de informações indevidas. Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria de segurança sem compromisso – 21-3203-0368.

Conheça nossos serviços em: Segurança da Informação e Antivirus 

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
Matérias recentes