01/11/19 Antivirus , Segurança de Redes , Serviços em TI # , , , ,

Ataque distribuído de negação de serviço está cada vez mais comum e as empresas precisam ficar atentas!


DDoS, o que é?

Você já ouviu sobre DDoS? Se você desconhece, é melhor ficar por dentro do assunto. DDoS vem do inglês que significa Distributed Denial of Service, ou seja, é um ataque distribuído de negação de serviço que é feito como uma tentativa de fazer com que os recursos de um sistema fiquem indisponíveis. E isso acontece através de uma invalidação por sobrecarga.

Os ataques estão se tornando cada vez mais complexos, uma vez que atingem diferentes partes da rede de uma empresa de forma simultânea. Além disso, eles servem também como uma distração para encobrir atividades ilegais, como por exemplo, fraude e roubo.

Um ataque de DDoS usa um computador mestre que pode gerenciar até milhões de computadores, que são chamados de zumbis. Já o ataque DoS envolve apenas um único computador, normalmente esse tipo pode derrubar servidores mais fracos e computadores comuns. Completamente diferente do DDoS, que é muito mais perigoso, principalmente para empresas.

ataque ddos

Imagem da Arcon

Casos de DDoS

Casos de DDoS são muito comuns e acontecem com muita frequência. Um dos casos famosos foi com a BBC no réveillon de 2015. O ataque foi grande, derrubou servidores por quase 3 horas. Pense em uma empresa de telecomunicações ficar offline sem conseguir se comunicar? Um prejuízo enorme!

O maior caso de DDoS até agora registrado foi em 2018, com a empresa GitHub (plataforma voltada para desenvolvedores web).  O site sofreu um golpe de 1.35 Tbps de capacidade. A potência do ataque foi grande, mas felizmente a estrutura da plataforma (com uma boa segurança cibernética) contribuiu para que os usuários quase não percebessem.

 Proteja a sua empresa!

 Deu para perceber o quanto uma empresa precisa se preocupar com esse tipo de ataque, não é mesmo? Ter um sistema de segurança de qualidade é fundamental para evitar ou amenizar os efeitos de um possível ataque. Por isso, para não ficar vulnerável a essas ameaças, conte com a EW Info! Trabalhamos com competência e credibilidade em segurança da informação com suporte das melhores e mais atualizadas plataformas e fornecedores.

 

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Info e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
07/09/19 Segurança de Redes # , , , , , ,

A falha torna o computador vulnerável e permite que hackers acessem remotamente as ações do browser


Como aconteceu?

Uma falha grave de segurança foi encontrada pelo Google na edição de desktop do Google Chrome. Essa vulnerabilidade permite que hackers iniciem ataques remotos ao computador.  A falha reside no Blink, um motor de renderização de páginas do Chrome, e que pode ser ativada a partir da criação de sites maliciosos. Ou seja, se o usuário navegar ou for direcionado para algum endereço eletrônico infectado, o hacker poderá instalar malwares no computador, roubar dados e até criar contas se passando pelo administrador.

O que fazer?

Um update emergencial já foi disponibilizado pela empresa e está presente na versão 76.0.3809.132 do programa. O patch que corrige o problema está sendo liberado automaticamente, mas o ideal é que você confira se está realmente protegido.

Para verificar se o seu navegador está atualizado, é só seguir o passo a passo abaixo:

  • Vá até o menu e clique em configurações.
  • Depois, clique em “Sobre o Google Chrome”.
  • Por fim, veja se a sua versão está atualizada. Caso não esteja, atualize!

Conte com a EW Info para sua segurança! 

Segundo uma nota técnica publicada pela CIS, Center for Internet Security, os perigos da ameaça são maiores para empresas e entidades governamentais. Por isso, não coloque a segurança do seu negócio em risco! A Ew Info possui serviços em antivírus e segurança da informação.

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
02/08/19 Serviços em TI , Suporte Redes # , , , , , , , , ,

Minecraft, GTA e The Sims são alguns dos videojogos online que estão sendo utilizados para propagar malware. Fique sempre atento!


Por que isso acontece?

O mercado de games é um dos mais promissores do mundo. Em 2018, o Brasil já possuía o terceiro maior mercado de jogadores, resultando em mais de 60 milhões de pessoas, segundo organizador da BGS. Com esse número é possível presumir o potencial de crescimento do mercado de games e os hackers perceberam esses números também.

Além disso, a maioria dos videojogos atualmente está disponível em plataformas digitais que não são capazes de identificar se o arquivo de jogo é legítimo ou possui algum malware disfarçado, facilitando o ataque de hackers.

Sem falar que, por se tratar de uma área de entretenimento, as pessoas costumam estar menos alertas quanto a esse tipo de ataque, pois estão mais relaxadas, em seu momento de lazer e não se preocupam tanto em tomar cuidado com os ciberataques.

Como é o ataque hacker em games

O malware é instalado numa cópia falsa de jogo online. O hacker utiliza da marca do jogo para camuflar o vírus e, ao baixar o suposto jogo, o usuário é infectado por malware. Outra forma de ataque é quando os hackers tentam persuadir as vítimas a descarregarem ficheiros maliciosos, fazendo esses ficheiros se passarem por jogos ainda em pré-lançamento.

Como evitar esse tipo de ataque

Para prevenir o ataque de malware é recomendado dar preferência para páginas e conteúdos originais, evitar plataformas que não são de confiança ou pareçam ter conteúdo suspeito, além de sempre regular os dispositivos que utilizam para jogar e instalar dispositivos de segurança.

A EW Info está há anos no mercado oferecendo o melhor serviço em segurança da informação para que você possa ter uma navegação segura! Entre em contato para saber mais sobre os nossos serviços!

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
18/04/19 Segurança de Redes # , , , , , , , , , ,

Onde há tecnologia também há risco de ciberataque. A área da saúde não ficou para trás e é o novo alvo de cibercriminosos


A tecnologia em todos os setores

Pare agora e imagine a sua vida sem tecnologia. Praticamente impossível, não é? Com os avanços dessa técnica, ela passou a fazer parte de todos os setores da nossa vida e nos tornamos praticamente um só.

Ela está na nossa casa, nas escolas, supermercados, ruas, no trabalho e no lazer. Então por que não estaria cada vez mais na área da saúde?

 “A saúde é, definitivamente, um tema estratégico dentro da agenda empresarial”

Fabiana Salles, fundadora da Gesto, com atuação em corretagem de seguro-saúde baseada em ciência de dados.

 

Porém, quando permitimos a integração da tecnologia em algum setor, também entramos em contato com riscos antes inexistentes. O ataque cibernético é um exemplo.

Como os hackers se aproveitam disso?

Através da função wireless, hackers poderiam até induzir pacientes a uma overdose através de um modelo de bomba de insulina que podia ser controlado à distância. O risco maior, no entanto, é a invasão de criminosos nos sistemas digitais para falsificar dados, exames e roubar informações em benefício de empresas, seguradoras e agências reguladoras.

Assim, como nos acostumamos a guardar todas as nossas informações nas redes sociais, nos nossos aparelhos, na nuvem, enfim, acabamos produzindo ao longo da nossa vida 1 milhão de gigabytes de informação só de saúde, segundo uma matéria da Época Negócios.

Não deixe seu sistema vulnerável

O maior problema dos hospitais são os sistemas vulneráveis. Por serem antigas as maneiras de obter diagnósticos, os sistemas acabam sendo mais suscetíveis a pragas digitais. Além disso, como os equipamentos não têm um dono específico, acabam não tendo backups, outra atitude que corrobora para o serviço dos hackers.

Dessa maneira, fica fácil para os criminosos invadirem os sistemas e terem elementos para usar como “troca”. Saiba mais nesse artigo.

Conte com a EW Info

A falta de backups e manter sistemas antigos são as principais formas de “ajudar” cibercriminosos. Por isso, fique atento e cuide de suas informações. A EW Info está pronta para te ajudar a se livrar de qualquer ataque! Venha tomar um café conosco.

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
Matérias recentes