15/09/19 Segurança de Redes # , , , ,

Os ciberataques têm aumentado cada vez mais. Investir na segurança digital é fundamental!


Como acontece?

Crimes cometidos nos meios virtuais têm se tornado cada vez mais comuns. No ano passado, segundo informações do dfndr lab (laboratório especializado em cibersegurança da PSafe), foram detectados 120,7 milhões de ataques cibernéticos só no primeiro semestre de 2018.

Dfndr Lab

O ciberataque é uma das formas de hackers, por exemplo, utilizarem métodos para se infiltrarem em computadores e conseguirem informações importantes. Isso acontece através de pequenas falhas na segurança. Quando o computador não possui proteção suficiente, os hackers aproveitam essa situação para espalhar vírus. Esses vírus podem ser enviados em links ou anexos por e-mail, download e até pop-ups de sites.

Quando se clica em algum desses arquivos, o computador é infectado por um software malicioso. A partir daí, as invasões acontecem.

Quais os riscos para a sua empresa?

São muitos os riscos de ciberataques para uma empresa. Um dos principais riscos é ter os dados da empresa hackeados. Há alguns ataques comuns como a utilização de ransomwares, que podem bloquear ou criptografar os dados nos computadores da empresa. Para devolver, os criminosos exigem um valor alto de dinheiro.

Uma outra possibilidade é que programadores maliciosos invadam o sistema para roubar informações importantes do seu negócio, podendo até mesmo fazer transferências bancárias.

Estes são apenas alguns dos exemplos que podem acontecer com a sua empresa. Fique atento!

Como se proteger?

Manter a segurança virtual é muito importante para evitar que o seu negócio se torne vulnerável ao ataque dos hackers. Antes de tudo, é fundamental ter um bom sistema de proteção que cubra todas as suas necessidades. O sistema de proteção deve garantir o funcionamento da sua empresa sem que haja problema caso ocorra algum ataque virtual.

É importante também que você identifique os principais alvos da empresa, como dados, arquivos confidenciais, senhas, entre outros. Quando você identifica com antecedência, é possível fazer um planejamento de proteção e backups caso os principais alvos sejam deletados ou removidos. Armazenar os arquivos na nuvem também é uma boa opção.

Além de tudo isso, conscientize a sua equipe para que todos saibam utilizar a rede da empresa de forma segura.

A EW Info possui serviços em antivírus e segurança da informação. Nossa equipe está preparada para proteger o seu negócio!

E se você gosta de nossos artigos, continue acompanhando!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
17/09/18 Tecnologia # , , , , , ,

Atualmente, o Brasil é o sétimo país que mais gerou ciberataques no mundo. Dados afirmam que 64% dos e-mails que circulam no país são spam. Entenda mais sobre essas estatísticas e como elas podem afetar sua empresa!


De acordo com o Relatório de Ameaças à Segurança na Internet (ISTR, na sigla em inglês), o Brasil é o terceiro país que mais dissemina ameaças por spam e o quarto por robôs virtuais (bots). Quando analisados todos os e-mails que circulam no país, 64% deles são spams, ou seja, mensagens de cunho comercial não autorizada.

Segundo especialistas, há diversos fatores que contribuem para o crescimento do cibercrime. Entre eles está o comportamento do usuário e a baixa aplicação das leis para esse tipo de crime que já existe. Hoje vivemos em uma cultura early adopter, com usuários que utilizam tecnologias antes e com rapidez. Mas o que falta é a conscientização e a proteção. Existem muitos usuários conectados que podem ‘cair’ em um vírus simples como o phishing. Saiba mais sobre essa ameaça clicando aqui!

Criptojacking

Outro cibercrime que vem sendo praticado com frequência é o criptojacking. A modalidade surgiu junto com o crescimento de transações envolvendo as criptomoedas. Nessa forma de ameaça, os atacantes instalam um vírus em máquinas (computadores, servidores e até mesmo celulares) alheias para através delas minerar ativos. Esse crime aumentou 8.500% em todo o mundo e o Brasil é o sétimo país a mais originá-lo. A maioria dos criminosos que atuavam com ransomware, sequestro de máquinas e dados pessoais resgatados com pagamento em bitcoin, migraram para o criptojacking. Isto ocorreu, pois, o mercado negro de ransonwarese autorregulou.

 

Aumento de 21% nos ataques às empresas

Segundo a advogada Patrícia Peck, especialista em Direito Digital, há duas grandes dificuldades no cenário brasileiro: baixa impunidade para crimes digitais cometidos no país e falta de conscientização.  Somente nesse ano houve um aumento de 21% nos ciberataques às empresas brasileiras.

“Estamos muito amadores no combate dos crimes digitais. De um lado, temos empresas que não fazem programas preventivos. Também não há campanha pública para conscientização. De outro lado, temos usuários negligentes e omissos”, afirma a advogada.

 

Proteja sua empresa contra ciberataques com a EW Info!

Temos as melhores soluções em firewall, backup e proteção de dados para segurança da informação. Garantimos a integridade da sua rede e também de suas informações contra ataques internos e também externos. Fale conosco! A EW Info é a única empresa que já disponibiliza gratuitamente o serviço de backup ao fechar o contrato. Estamos há mais de 15 anos no mercado preparados para atender as necessidades de nossos clientes. Continue acompanhando a nossa página!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
Matérias recentes