31/05/19 Sem categoria # , , , , , , , , , , , ,

Especialistas alertam para usuários não carregarem o celular em USBs oferecidas em aeroportos, pois podem ser portas de entrada para hackers


Avistar uma estação de tomada em um aeroporto é praticamente uma miragem para quem viaja o tempo todo, não é? Mas, essa facilidade pode ter um preço alto. Cibercriminosos já perceberam a vulnerabilidade dessas entradas USB em aeroportos e estão usando esse meio para ter acesso a dados de celulares alheios, dizem especialistas.

Como acontece o ataque

O vice-presidente da X-Force Threat Intelligence, Caleb Barlow, conta que os cibercriminosos podem modificar as entradas USB afim de capturar dados dos celulares sem o conhecimento dos donos.

Além disso, o ciberataque pode acontecer de outra forma. Ao invés de modificarem a entrada USB, os cibercriminosos podem “esquecer” um cabo no aeroporto com um chip extra capaz de implantar malware no celular e, assim, terem acesso fácil ao computador do usuário.

O que fazer para evitar o ataque

A opção mais segura continua sendo levar o próprio carregador e plugar em tomada, ou ainda usar um power bank. Mas, se mesmo assim você quiser arriscar, uma alternativa é o pen drive Juice Jack Defender, que é um pequeno dispositivo colocado no cabo de carga e bloqueia a passagem de dados do celular, segundo Barlow.

A Ew Info está sempre alerta!

Uma pesquisa da IBM Security revela que o setor dos transportes é o segundo mais afetado pelos hackers e foram registrados 566 milhões de casos de dados vasados ainda em 2019. Assim, não poupe com segurança! A Ew Info está há anos no mercado com os melhores profissionais para oferecer serviço de qualidade e especializado em cibersegurança.

Gosta de nossos artigos e quer manter-se atualizado? Continue acompanhando! E lembre-se: cuidado nunca é demais, previna-se!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
04/06/18 Segurança de Redes # , , , ,

Nós utilizamos o computador para tudo; conversamos com as pessoas mais próximas e distantes, resolvemos os problemas de bancos, escutamos músicas e trabalhamos. Você já parou para pensar que essas informações estão todas registradas?

Os computadores têm tudo registrado em arquivos compostos por uns e zeros, um código de dígitos binários (bits) que eles são capazes de compreender e traduzir imediatamente. As diferentes combinações de bits criam arquivos de diferentes tamanhos: oito bits fazem um byte: 1.000 bytes são um kilobyte; 1.000 kilobytes formam um megabyte; 1.000 megabytes, um gigabyte; e 1.000 gigabytes recebem o nome de um terabyte.

Todos esses bytes são armazenados em um disco rígido e permanecem ali para sempre. A não ser que o usuário o destrua ou que o disco seja danificado.  A BBC foi investigar se isso realmente acontece.

 

Como?

O especialista em informática forense, Thomas Moore analisou o computador que    o casal de Lincolnhire, no leste da Inglaterra, ficou durante três meses. Após esse período, o especialista revisou os dados da máquina e viu que eles foram “inquietantes”.

“Não sei qual é o nome dessas pessoas, mas consegui descobrir uma grande quantidade de coisas sobre sua identidade e seu estilo de vida”, afirma.

Primeiramente, Moore extraiu os cookies – registros de visitação de sites e outras informações públicas disponíveis na memória da máquina. Nisso, ele descobriu o local que moraram, as preferências políticas, o interesse em hospedarem-se em casas pelo AirBnb em uma possível viagem para o País de Gales, a conta existente no banco britânico que só funciona pela internet, os programas de televisão etc.

 

O que são cookies?

São arquivos pequenos enviados por sites e armazenados no navegador, que registram dados sobre nós. Esses programas “espiões” coletam informações-chave para a publicidade online, especialmente no que diz respeito aos anúncios exibidos de forma personalizada para cada usuário. Os cookies “contam” às marcas e empresas como nos comportamos na internet, para que possam exibir propagandas de acordo com nossos gostos e interesses. Usando só esses dados, o especialista criou um perfil de cada usuário do laptop. (Fonte: Tecnologia UOL)

E Moore, utilizando somente dados remanescentes da máquina, conseguiu descobrir os gostos da filha adolescente do casal, o segundo carro na casa e que está necessitando de um novo limpador de para-brisa.

Segundo a BBC, praticamente todos os dados que ele conseguiu estavam corretos. Em apenas três meses, o computador havia armazenado 3.100 cookies- 25% dos quais eram de rastreamento publicitário (os chamados “cookies de seguimento”). Esses arquivos permitem a terceiros identificar tendências e direcionar campanhas a usuários específicos.

Com isso, podemos concluir que nossas máquinas sabem muito de nós.

Mas, afinal quais dados seu computador armazena?

Você está na internet, seu navegador e os cookies registram:

– Seu endereço de IP (número que identifica seu computador);

– Seu provedor de internet, sua velocidade de conexão;

– A quantidade de bateria que sua máquina tem a cada momento;

– A orientação do seu computador (através dos dados do girascópio- sensores que informam a direção na qual os aparelhos eletrônicos estão se movendo);

– O sistema operacional que você usa e também os dados sobre seu processador;

– A resolução de sua tela e outras especificações de hardware;

– Sua localização;

– Seu idioma;

– Cartão de crédito;

– Redes sociais que frequenta e demais sites que mostram sobre a sua vida, como hábitos de consumo etc.

 

Viu a importância de manter seus dados seguros? Já pensou se essas informações caem nas mãos de pessoas indevidas? Nós da EW Info estamos sempre preparados e atentos para entender e resolver a necessidade dos nossos clientes! Entre em contato! Continue acompanhando a nossa página para saber mais do mundo da tecnologia!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
07/05/18 Novidades # , , , ,

No mês de abril o Windows 10 foi atualizado com novos recursos para os usuários. No entanto, a nova versão do sistema operacional tem apresentado incompatibilidade com o navegador Chrome (um dos mais utilizados em todo o mundo) o que tem acarretado em travamentos repentinos.

Os questionamentos sobre esse problema de incompatibilidade entre Chrome e a atualização do Windows 10 tornaram-se comuns no Reddit e nos fóruns de suporte da Microsoft.

De acordo com o blog da Microsoft, em uma sequência chamada “Chrome congela o Windows após atualização de abril”, um usuário diz:

“Basicamente, é o que o título diz. Tudo congela, botões não funcionam, CtrlAlt Del não funciona. A única forma de ter de volta o controle é fazer o computador entrar em modo descanso apertando o botão de ligar no meu laptop, e depois religar”.

Segundo a organização, uma nova solução está sendo formulada e será anunciada. A expectativa era de que a correção fosse incluída na “Patch Tuesday” (a segunda terça-feira de cada mês, quando a Microsoft libera atualizações de segurança e correções de bugs para o ecossistema Windows). No entanto, até o momento do fechamento do artigo, a atualização não contemplava esse “travamento” do Chrome.

 “Alguns dispositivos podem travar ou congelar ao usar determinados aplicativos, como ‘Hey Cortana’ ou Chrome, após a instalação da Atualização do Windows 10 de abril de 2018”, informa a empresa.

 

O que fazer se o meu Chrome travar com a nova atualização?

Se você se identificou com a situação e está com dificuldades para utilizar o navegador, devido a atualização do Windows 10, há algumas alternativas. A Microsoft tem duas sugestões:

– Tentar utilizar uma combinação de teclas para ligar a tela. No teclado, é possível usar a combinação Win+Ctrl+Shift+B. Em um tablet, pressionar os dois botões de volume três vezes em dois segundos. Se o Windows ainda estiver respondendo, ele tentará retomar suas atividades.

– Nos casos dos notebooks, há a opção de fechar a tampa e abri-la novamente.

Segundo especialistas e portais de tecnologia, é estranho esse tipo de situação acontecer com a versão final do Windows. Porque a Microsoft tem o programa Windows Insider com mais de 10 milhões de usuários cadastrados. Que tem o objetivo de testar as possíveis complicações do sistema antes do lançamento. Para assim, detectar falhas graves como essa. A atualização chegou a ser adiada por causa de uma falha que causava a “tela azul da morte”, que foi descoberta graças aos Insiders.

 

Nós da Ew Info continuaremos atentos aos próximos acontecimentos.

Se você quer saber mais do mundo da tecnologia, continue acompanhando a nossa página! E se precisar de alguma solução entre em contato conosco! Estamos sempre prontos para atender os nossos clientes da melhor maneira!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
09/04/18 Tecnologia # , , , ,

De acordo com o Starcounter, o navegador Google Chrome é o mais popular do mundo, sendo utilizado em mais de 50% de desktops e smartphones. Se qualquer bug acontecer com ele o impacto é grande, uma vez que interfere na vida de milhões de usuários. Saiba mais sobre o assunto em nosso artigo!

Uma “falha” encontrada pelos especialistas, mostra que por conferir a integridade dos arquivos que o usuário baixa, o Windows pode ficar lento quando o navegador do Google é iniciado.

Como acontece?

Primeiramente, o navegador Google Chrome carrega a lista de downloads que foram feitos e verifica um por um para ver se ainda existe no mesmo local. Para Asanka Herath, um dos membros da equipe de desenvolvimento do Chrome, “tudo isso acontece cada vez que o navegador é aberto. Carregar o histórico de downloads para checar a existência deles consome muitos recursos”.

Porque isso está acontecendo?

Segundo a gerente de produto da SecurityScorecard, Kelly Shortridge, o problema foi descoberto quando ela percebeu que o Chrome estava utilizando seus recursos embutidos de antivírus. Porque desde o ano de 2017, ele tem uma ferramenta no Windows para detectar e remover softwares indesejados, desenvolvida em parceria com a ESET (Portal TecnoBlog).

O portal Motherboard, explica que “se encontrar algum malware suspeito, o Chrome envia metadados do arquivo onde o malware está armazenado e algumas informações do sistema para o Google. Em seguida, ele pede permissão para remover o arquivo suspeito”.

Porém, especialistas descobriram que o problema não era esse. Mas sim na verificação de listas de downloads quando o navegador se inicia.

O que eu faço?

Quando perceber que o seu computador está lento, abra o Chrome e:

– Limpe o histórico de downloads

– Vá até Chrome://downloads, clique no ícone de três pontos no canto superior direito, e depois em “Limpar tudo”.

Seguindo essa dica, a lentidão do navegador diminuirá e você não perderá “tempo”.

 

Gostou do nosso artigo? A nossa dica te ajudou? Continue navegando em nossa página! Toda semana temos um novo conteúdo para você! Se você precisa melhorar o setor de TI de sua empresa, entre em contato! Estamos sempre preparados e antenados com o mundo da tecnologia para melhor atender nossos clientes!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
02/04/18 Tecnologia # , , ,

Cuidado! Se você teve seu iPhone furtado e recebeu algum e-mail ou mensagem de texto em nome do serviço Find My iPhone, pode ser golpe! Já ouviu a expressão “pior que está não fica”? Saiba que pode ficar! Além de ter seu aparelho roubado, se você não tomar cuidado, pode ser vítima de outro golpe! Saiba mais em nosso artigo!

Seu iPhone foi roubado e recebeu uma mensagem com o nome do serviço Find My iPhone da Apple? Tenha muita cautela! Criminosos estão usando o nome da empresa para aplicar golpes de phishing no Brasil, com o intuito de descobrir o login e a senha do Apple ID das vítimas.

O resultado? Os criminosos conseguem desativar o aplicativo ‘buscar iPhone’ e com os seus dados do serviço disponíveis, acessam todas as informações armazenadas no seu iCloud. Como fotos, mensagens e anotações.

As mensagens de texto e os e-mails direcionam os usuários para um falso site de aparência semelhante a tela do login do Apple ID.

O que é Find My iPhone e Apple ID?

O Find My iPhone é um recurso que permite localizar o dispositivo da Apple (iPhone, iPad, iPod ou MacBook). Com o aplicativo, é possível enviar alertas para avisar que o smartphone foi perdido; bloquear o aparelho; e até mesmo apagar as informações armazenadas no celular, de maneira remota.

Caso o “modo perdido” for ativado no telefone, o aplicativo envia um e-mail para o proprietário do aparelho com a localização exata do smartphone. Vale ressaltar que o Find My iPhone só pode ser utilizado se o usuário souber os dados do Apple ID vinculado ao celular.

Por esse motivo é importante que os criminosos, saibam suas informações. Porque sem o login e a senha do serviço, não é possível desbloquear o aparelho para a sua possível utilização ou revenda no mercado ilegal.

A ferramenta quando bem utilizada é útil para os usuários do iPhone. Yasmin Fernandes, estudante de Publicidade e Propaganda, conta a sua experiência:

“O app Find My iPhone foi fundamental para que eu encontrasse meu celular, através da localização que ele passou de onde meu aparelho estava, consegui recuperá-lo poucas horas depois da perda”.

Como funciona o golpe?

 E-mail:

  • As pessoas caem no golpe pela grande semelhança com a identidade e comunicação da Apple.
  • Um mapa fictício informa que o seu aparelho foi localizado em uma rua simulada e te apresenta a opção para visualizar o local.
  • Os usuários mais desavisados clicam para ver a localização do celular roubado e são redirecionados a um site com a tela de login do Apple ID.
  • Como a falsa página é parecida com a original, quando o usuário coloca as informações, os criminosos têm acesso a todos os seus dados.

 

No celular:

Nas mensagens do texto é mais fácil de identificar o golpe. Pois o SMS contém erros ortográficos e uma duvidável formatação.

Como não cair na armadilha:

Atenção é o segredo!

Primeiramente é essencial que o usuário preste atenção nos detalhes. Como por exemplo, no e-mail original da Apple: noreply@email.apple.com.

Outra dica:  é possível identificar previamente o endereço do site pelo navegador do computador (basta abrir a mensagem no computador e “passar o mouse” em cima dos links azuis que estão localizados no canto inferior, conforme a imagem).

Os e-mails verdadeiros são compostos por páginas iniciadas em https://www.apple.com. Os criminosos, por outro lado, têm links suspeitos que não começam com o nome da companhia.

Outra dica importante: a Apple não utiliza SMS para comunicar sobre a localização do Find My. Logo, não é recomendável que se clique em páginas enviadas por mensagens de texto.

Se o seu iPhone foi roubado é recomendável que você rastreie ele por meio do seu iCloud, utilizando o Apple ID.  Com essa ferramenta é possível que o dono do aparelho faça outras ações, como usar o Modo Perdido e Apagar o iPhone. Outra solução é ligar para a operadora e pedir o bloqueio.

Veja mais informações no vídeo que separamos para você:

Adaptação: Techmundo

 

Gostou do nosso artigo? Continue acompanhando a nossa página! Estamos sempre antenados para atualizar os nossos clientes sobre o mundo da tecnologia! Precisando de algum serviço? Venha nos conhecer!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
26/03/18 Tecnologia # , , ,

Ele surgiu para facilitar a nossa vida e permitir que a comunicação ultrapassasse fronteiras. Com ele, fechar negócios com outras pessoas do globo ficou mais fácil e novas formas de entretenimento surgiram. Quando ele apresenta algum problema todos entram em pânico! Essa semana vamos falar do computador e os sinais que ele demonstra quando precisa de atenção!   

Já parou para pensar quantas horas um trabalhador pode perder quando o computador fica mais lento? Às vezes o problema pode ser com o sistema operacional que precisa ser atualizado, problemas de fábrica, ou simplesmente porque chegou o momento de trocar.

Para o gerente de marketing da Intel Brasil, Carlos Augusto de Buarque, “o computador existe para deixar a nossa vida mais fácil e mais produtiva, e não para gerar estresse. Uma pesquisa da Intel mostrou que pessoas estressadas com o computador adquirem hábitos pouco saudáveis como gritar com o computador e bater no mouse ou na tela. Se você passa muito tempo esperando o seu computador responder, está na hora de renovar. Computador não deve ser motivo de frustração.”.

 

Fique atento com esses sinais em seu computador:  

Se você se enxerga nessas situações, é recomendável procurar um especialista!

1 – Lentidão

Com muitos arquivos “pesados” que ocupam muito espaço no hardware? Ou o problema da sua máquina são os vírus? De acordo com os especialistas, disco rígido fragmentado e programas que acumulam espaço desnecessário no HD e no registro físico são algumas das razões que contribuem para que o seu computador deixe de funcionar normalmente.

2 – Superaquecimento

Está ouvindo barulhos “diferentes” ou está recebendo mensagens falando que o PC está em modo de superaquecimento? Provavelmente as saídas de ar de seu computador estejam obstruídas por objetos, sujeira, ou até mesmo por apoiar em seu colo (caso comum dos notebooks). É recomendável procurar um especialista para fazer uma limpeza.

3 – Problemas de reconhecimento

Sempre que tenta conectar um pen-drive, aparece uma mensagem falando que ele não foi reconhecido? O problema pode ser a falta de atualização dos sistemas operacionais. Por isso, é importante sempre mandar o computador para revisão.

4 – Desliga sozinho

O computador desligar sozinho é uma situação que deixa qualquer pessoa em desespero. Se isso é constante em sua rotina, provavelmente a placa-mãe não está devidamente posicionada ou há alguma irregularidade na fonte de alimentação. Caso a máquina ligue, mas não tenha imagens na tela, é possível que as placas de vídeo offboard estejam precisando de alimentação.

5 – Falha na instalação

Toda vez que você tenta instalar alguma coisa no seu PC ele não atende ao seu comando? O problema pode estar na quantidade de programas em execução ou no firmware do disco do sistema.

 

Está passando por essas situações? Não perca tempo! Leve o seu computador para um especialista! Às vezes está no momento de trocar a sua máquina! Afinal, um PC lento atrapalha a vida de qualquer pessoa! Nós da EW Info estamos sempre preparados e atentos para entender e resolver a necessidade dos nossos clientes! Entre em contato! Continue acompanhando a nossa página para saber mais do mundo da tecnologia!

Adaptação: Giga

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
19/03/18 Novidades , Tecnologia # , , , ,

Com a agilidade do nosso cotidiano, cada vez mais não podemos perder tempo com pequenas coisas. O que antigamente demorava meses para acontecer, com a tecnologia fazemos em minutos. Por exemplo, para conseguir a assinatura de uma pessoa que estava distante era preciso esperar até que ela estivesse presente. Hoje, podemos assinar um contrato ou um outro documento que vem por via eletrônica.

Como?

Você pode assiná-lo diretamente no seu iPhone usando apenas seu dedo e, em seguida, enviá-lo de volta, sem utilizar caneta ou papel. E o melhor: em formato PDF que garante que sua assinatura não terá alterações.

Curiosidades sobre o PDF

O PDF – Portable Document Format – é um formato de arquivo que foi desenvolvido pela Adobe Systems, que ‘conversa’ com diferentes extensões de arquivos, sendo muito útil para facilitar a visualização de documentos.

É um formato:

– Padrão ISO;

– Aberto e disponível em diversos sistemas operacionais;

– Não necessita da instalação de um programa original;

– Permite a visualização sem distorções do conteúdo original, como fontes, fotos, número de páginas etc.

– Utilizado para arquivo, enquanto meio de acesso aos documentos e preservação futura.

Recebeu um documento em PDF no seu iPhone e precisa assinar? Veja como resolver esse problema:

 

1 – Abra o aplicativo Arquivos e siga para o local onde está o documento que deseja assinar.

2 – Acesse a pasta e abra o documento que deseja assinar.

3 – Toque no ícone de lápis no canto superior direito da tela. Em seguida, clique no ícone “+” no canto inferior direito e escolha a opção “Assinatura”.

4 – Use o dedo para fazer a assinatura acima da linha indicada. Você pode refazer a assinatura a qualquer momento tocando na opção “Limpar”. Quando estiver satisfeito, toque em “OK”. Na janela seguinte, arraste a assinatura para o local do documento onde ela deve constar e toque em “OK”.

5 – Para enviar o documento assinado, volte para a pasta onde ele está armazenado e toque sobre ele. Em seguida, clique no ícone de compartilhamento no canto inferior esquerdo da tela.

6 – Escolha uma das opções para enviar seu documento assinado para um destinatário.

Fonte: Tecmundo

Viu como a tecnologia está a nosso favor? Por esse motivo é importante estar sempre antenado com o mercado da tecnologia e nas suas constantes mudança!

Nós da EWInfo estamos sempre nos atualizando para atender todos os nossos clientes de maneira personalizada. E de acordo com as constantes mudanças do mercado! Entre em contato! E continue acompanhando a nossa página para saber mais do mercado de tecnologia!

Gostou do artigo? Não deixe de continuar acompanhado a nossa página!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
Matérias recentes