22/02/19 Segurança de Redes # , , , , , , ,

Saiba mais sobre quais as atitudes dos seus colaboradores que oferecem riscos para a segurança das informações dos negócios


Ameaças internas nem sempre são propositais

Alguns colaboradores vazam informações intencionalmente com intuito de agir contra a corporação, porém, a maioria deles comete erros por descuido ou negligência em relação às regras. Quando o trabalho é repetitivo, diário e urgente (quando não é, certo?) diminui o cuidado no cumprimento de medidas preventivas, sempre com a ideia de que nada vai acontecer.

Assim, os colaboradores acabam usando programas não liberados pela TI da empresa, baixando arquivos não verificados, entrando em páginas inseguras e, uma hora ou outra, comprometem os ativos corporativos. Essa situação é difícil de identificar ou prevenir, já que as atitudes não são intencionais. Essa falta de controle coloca em risco a segurança de dados.

Como eliminar vulnerabilidades

A primeira medida é restringir os dados apenas para os profissionais que precisam deles para exercer seu cargo. Assim, programas específicos vão rodar em suas máquinas para protegê-las de eventuais perdas, essa medida também evita o trabalho de instalar todos os programas em todos os computadores.

É importante também fazer backups periódicos e atualizar esses sistemas de proteção, além de ser uma medida de segurança, melhora a performance da máquina e agiliza o trabalho.

Qual é a medida principal?

O principal a fazer nesses casos, é treinar os colaboradores. Além disso, quanto mais valiosos forem os dados, mais protegidos devem ser. Faça esse estudo. Os colaboradores devem ter ciência disso também, é da responsabilidade de cada um proteger as informações.

De forma personalizada, cada empresa deve ter um diagnóstico específico para sua segurança de acordo com sua forma de trabalho, entender os fluxos da receita ajuda a ver “o que deve ser protegido”.

Ademais, é importante treinar o olhar dos colaboradores para não acionarem o malware, por exemplo. Aqui tem dicas de como se prevenir de ataques de phishing e manter a segurança de dados.

Confie em quem entende

Então, confie na EW Info para manter sua empresa em segurança! Nós estamos há anos no mercado oferecendo segurança e solução em redes! Continue acompanhando nossos artigos para se manter atualizado!

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
25/06/18 Tecnologia # , , ,

O americano Ibrahim Diallo foi demitido sem alguma explicação. De um dia para o outro ele não conseguiu mais acessar o prédio de sua empresa e acabou descobrindo que sua demissão não foi decidida por sua gerente, mas sim por uma máquina. Confira mais em nosso artigo!

O desenvolvedor de softwares relata que “Não foi a primeira vez que o meu cartão de identificação falhou. Então eu só achei que estivesse na hora de trocá-lo.” O que ele não imaginava era que aquela simples falha no acesso estava sendo causada por uma máquina. Ibrahim conta a história como forma de alerta para que outras empresas não passem pela mesma situação.

“A automação pode ser um trunfo, mas é preciso ter um jeito de os humanos assumirem o controle se a máquina cometer um erro”, relatou.

De acordo com o desenvolvedor era o sistema automatizado o responsável por autorizar a entrada e saída dos funcionários na empresa localizada em Los Angeles. Até mesmo o uso de sistemas de computador era habilitado pela automação. Em um dia comum de trabalho, Ibrahim foi impedido de entrar no prédio e teve de recorrer a ajuda dos seguranças. Logo depois ele percebeu que não estava mais conectado ao sistema de trabalho e seu usuário constava como inativo.

Diallo também foi informado pela recrutadora da empresa que o contrato havia sido rescindido. Segundo ela, um e-mail a comunicou do fim do contrato, mas a mesma prometeu resolver o problema. Já no outro dia Ibrahim foi excluído de todos os sistemas. Ele conta que o único computador que conseguia acessar era o que possuía o sistema Linux.

Escoltado por dois seguranças que receberam ordens por e-mail, o desenvolvedor foi obrigado a deixar o prédio. “Eu fui demitido. Não havia nada que minha gerente pudesse fazer a respeito. Não havia nada que o diretor pudesse fazer. Eles ficaram impotentes enquanto eu arrumava minhas coisas e saía do prédio”.

Mesmo com um contrato de três anos ainda em andamento, Diallo teve de passar três semanas afastado enquanto seus chefes investigavam o motivo de sua demissão.  Como sua empresa estava passando por mudanças, o sistema havia sido trocado no mesmo período em que vários funcionários foram admitidos. E no meio destas alterações e da demissão de seu gerente, o contrato de Ibrahim não foi renovado no sistema novo.

Quando as máquinas assumiram, Diallo era indicado como ex-funcionário da empresa. “Todas as ordens (por esse sistema) são enviadas automaticamente e cada vez que uma é concluída, uma nova é acionada. Então, por exemplo, quando a ordem para desabilitar meu cartão de identificação é enviada, não há mais como reativá-lo.“

Autorizado a voltar ao trabalho após o mal entendido, o desenvolvedor perdeu três semanas de pagamento e segundo ele teve de deixar a empresa “como um ladrão”e percebeu o distanciamento de muitos colegas. Ibrahim decidiu então abandonar o emprego.

Para o especialista em Inteligência Artificial Dave Coplin, a história serve como um alerta sobre os perigos da relação homem x máquina. “É outro exemplo de falha do pensamento humano, que acaba colocando seres humanos contra máquinas em vez de termos humanos e máquinas se complementando”.

 


Quer saber mais notícias como essa sobre o mundo da tecnologia?Procura soluções inteligentes para aprimorar seus sistemas? Entre em contato conosco! Nós da EW Info estamos à disposição para escutar sobre a realidade de sua empresa e contribuir com o seu crescimento.

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
18/06/18 Tecnologia # , , , ,

Ter a própria empresa está bem próximo da realidade de muitos empreendedores hoje em dia. Porém, antes de tudo é necessário saber administrá-la da forma correta, pois qualquer descuido pode colocar a saúde dos seus negócios em risco. Conheça em nosso artigo os erros mais comuns na gestão financeira e como você pode evitá-los!

Organização e planejamento são palavras-chave para o empresário evitar ter dor de cabeça. Para isso ele deve saber prevenir alguns erros muito comuns quando tratamos de finanças de pequenas e médias empresas.

 

Deixar de fazer o fluxo do caixa

Para não ser surpreendido com falhas na gestão financeira, o fluxo de caixa deve estar sempre atualizado. A conferência de extratos bancários e planilhas é tarefa fundamental para qualquer empresa.

Além disso, também é necessário distinguir os valores gerados em vendas dos destinados às despesas e detalhar o fluxo de caixa para conseguir dados estratégicos de clientes e fornecedores. Com isso é possível enxergar mais claramente a rotina financeira de uma empresa.

 

Não controlar o estoque

Grandes são as chances de sua empresa ter um prejuízo caso não haja um controle do estoque. Já que o produto oferecido é o principal gerador de renda para manter seu negócio em crescimento.

É preciso que haja atenção para não deixar produtos em falta ou até mesmo parados. Pois a empresa poderá perder vendas e desorganizar as finanças caso deixe os produtos acumulados na prateleira. O ideal é equilibrar oferta e demanda.

 

Esquecer de monitorar os prazos de vencimento

Por ter muitas contas, é comum que uma empresa acabe atrasando pagamentos mensais, muitas vezes até mesmo de valores altos. Não controlar os vencimentos acarreta multas, juros e taxas e, em algumas situações, pode comprometer um valor que já estava destinado a pagar outro débito.

Caso essa falha se torne algo frequente, o negócio pode acumular dívidas e se tornar uma grande “bola de neve”.

 

Não levar em consideração o capital de giro

Investir é o principal recurso para que sua empresa cresça. Não se importar com o capital de giro trará grandes problemas para a gestão financeira de seu negócio.

É fundamental garantir o capital de giro necessário para poder oferecer financiamento aos seus clientes, vendas a prazo, pagamento de fornecedores e aquisição de estoques.

 

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais sobre como melhorar a gestão financeira de sua empresa? Entre em contato conosco! Nós da EW Info estamos à disposição para escutar sobre a realidade de sua empresa e contribuir com o seu crescimento.

Ligue para a EW Informática e fale com um dos nossos especialistas para uma consultoria para sua empresa sem compromisso – (21)3203-0368.

Conheça também nossos serviços em: Antivírus – Bit Defender e Segurança da informação

Entre em contato
e saiba como a EW Info pode te atender
ewinfo@ewinfo.com.br

no responses
Matérias recentes